• PrixLovers
    28/04/2015

    Oi Gente!

    Como já contei aqui, em breve a minha sessão “bem estar” estará no ar, e aí ninguém mais poderá usar a desculpa de que é difícil encontrar alimentos saudáveis.

    A boa nova é que o SuperPrix agora entrega em 3 novas praças, na Barra, Jacarepaguá e Niterói, estou contando para vocês em primeira mão!! Por enquanto pouquíssimas pessoas sabem, e em breve será divulgado! Vocês podem começar a testar já esse benefício! E vão ver o quão prático e eficiente é fazer compras dessa forma!

    Ah o melhor, quem fizer compras e o endereço for da nova rota, receberá 20 reais de bônus no e-commerce! Segue cupom CB2015AB

    Estão esperando o que?

    Testem já!! Válido até o dia 31.07.

    IMG_4436

    *publi


  • Tem uma frase que acho muito boa: “você só faz alguma coisa de errado por dois motivos: fraqueza ou ignorância”. Admito que por fraqueza, ainda consumo alguns desses alimentos. Mas temos que ter o conhecimento, não dando espaço para a ignorância, podendo assim, consumí-los conscientemente.

    alimentos

    1 – Embutidos: Presunto, bacon, salsichas, linguiças e até peito de peru são ricos em sódio e cheios de conservantes, que alguns estudos já associaram com o aumento de cancer de estomago e colon. O uso contínuo deve ser evitado e deixar apenas para fins de semana ou férias.

    2 – Refrigerantes: Ricos em açucar, aditivos, corantes, acidulantes e sódio e extremamente pobres em valores nutricionais. O ideal seria parar de consumí-los, mas se deixar para bebê-los ocasionalmente já ajuda.

    3 – Pipoca de microondas: Prefira sempre as de panela ou então estoure os milhos no microondas, mas nada de pipoca de saquinho! Até as versões mais light são cheias de conservantes para deixá-las fresquinhas, e esses conservantes podem fazer mal à saúde se consumidos regularmente.

    4 – Açucar refinado: ele causa picos de insulina no sangue, inibe a absorção de nutrientes, pode causar inflamações e dependência. E o pior? Ele está presente em alimentos que nem imaginamos, como molhos prontos, caldos, cereais entre outros.

    5 – Carne vermelha: Pequenas porções em poucos dias da semana podem até fazer bem ao organismo, mas comer diariamente pode causar, entre outros problemas, aumento do colesterol e doenças cardíacas.

    6 – Frutas e verduras não orgânicas: Muitas vezes, lavar as frutas e legumes não é o suficiente para tirar todos os resíduos de pesticidas. E infelizmente, já é mais do que comprovado que eles fazem muito mal à saúde e estão relacionados com vários tipos de cancer. A melhor forma de evitar isso é dar preferência aos orgânicos.

    7 – Tomates enlatados: Todos os alimentos enlatados possuem uma proteção para que os alimentos não entrem em contato com o metal. Porém, essa proteção possui uma substância chamada bisfenol-A, que é prejudicial à saúde. No caso dos tomates, existe o agravante do acído cítrico na composição, que faz com que o bisfenol-A passe mais facilmente da embalagem para o alimento.

    8 – Salmão de cativeiro: Apesar do salmão ser considerado um dos peixes mais saudáveis e cheios de nutrientes, quando criados em cativeiros, eles são mantidos à base de uma dieta cheia de aditivos sintéticos que ajudam a fazer com que sua carne permaneça rosada. Prefira sempre peixes que você sabe da procedência.

    9 – Defumados e em conserva: Assim como os alimentos embutidos e processados, os alimentos defumados e os em conserva liberam nitrosamina, que é um composto químico cancerígeno, além de terem altos níveis de sódio e gordura. Também é melhor evitar!

    10 – Adoçantes artificiais: Principalmente o aspartame, que é uma neurotoxina que pode causar danos ao sistema nervoso e ao cérebro se consumido em excesso. Além disso, estimulam a produção de insulina, o que pode gerar ganho de peso e aumentar gordura abdominal. O ideal é substituir todo tipo de adoçante por Stevia, que é extraído de uma planta e adoça 300 vezes mais que o açucar.

    10 -

  • cacau
    Ingredientes

    Para a base:
    2 colheres de sobremesa de coco ralado
    1/2 xícara de amêndoas
    2 colheres de sobremesa de melado (ou mel)
    1 colher de sopa de óleo de coco
    1 colher de sobremesa de água (ou o quanto baste para dar liga)
    Preparo da base:
    Junte esses ingredientes e com os dedos amasse até que fique homogêneo e dê para ser modelado.
    Forre forminhas de mini tortas ou forminhas de silicone de cupcakes e leve a geladeira em quanto prepara o recheio.
    Para o recheio:
    200ml de leite de coco
    1 colher de sobremesa de cacau
    3 colheres de sopa de melado (ou mel ou açucar de coco ou adoçante culinário)
    1 colher de café de canela

    Preparo do recheio:
    Abra a garrafinha do leite de coco (se fizer em casa o leite o processo é o mesmo), coloque o conteúdo em um recipiente e leve a geladeira por 5 horas. Vai virar um creme.
    Após esse processo, junte o cacau, o melado e a canela e bata com um mixer até virar uma mousse.
    Pronto! É só rechear as tortinhas e levar a geladeira por 1 hora antes desenformar para servir.
    Rende 3 mini tortinhas. Se quiser mais tortinhas dobre a receita igualmente.
    Rafaela Ramallo, carioca, 33 anos, está no mercado financeiro pela profissão e na cozinha por paixão! Veio de uma família onde a cozinha se resume ao ponto de encontro da casa. (Olha aí uma coisa que temos em comum! Tenho certeza que muitas vão se identificar conosco). Alguns anos atrás se viu inserida na necessidade de mudar radicalmente seus hábitos alimentares e foi daí que surgiu o” hobby”: Healthy Food- comida saudável para sempre! Perdeu quilos e ganhou saúde comendo tudo que ama, mas com substituições mais saudáveis! “Tudo pela comida da longevidade e pela cozinha do futuro.”, diz a Fit Chef. Para quem quiser seguir a Rafa, seu Instagram é @rafaelaramallo
  • detox

    “Detox vem da idéia de desintoxicar, tirar do corpo tudo o que não lhe faz bem. Louvável, sem dúvida nenhuma. Mas o problema começa quando as pessoas resolvem achar que duas garrafas de suco verde são a milagrosa solução para melhorar suas vidas.

    2015 tá aqui na nossa frente e de nada vai adiantar desintoxicar o corpo, se a vida e a alma estão povoadas de hábitos, pessoas, dias e caminhos tóxicos. Parasitas, comodismos, vícios, medos.

    Gente tóxica é o que mais tem. Gente cinza, amarga, invejosa, gente que gosta de problema, que gosta de doença, que gosta de discórdia, gente que vive de aparência, gente rasa. E não tem jeito, temos que fugir mesmo, cortar, evitar ao máximo. Bom dia, boa tarde e até logo. Não nos deixemos contaminar.

    Não adianta comer chia toda manhã se a gente odeia o emprego e já sai de casa com vontade de voltar. Não dá para achar que o corpo vai estar puro se você não acredita no que faz e passa mais de 40 horas da semana ruminando tarefas infelizes.

    Não adianta beber 3 litros de água por dia quando se está num relacionamento que afundou. É cômodo, todos sabemos. Mas a vida é uma só e não dá para ver os dias, meses e anos passarem com migalhas de amor e sem vestígios de paixão.

    Não adianta colocar linhaça nas receitas quando só se reclama da vida, dos outros, do país, do calor, da chuva, do trânsito. É um círculo vicioso, quanto mais a gente fala das coisas ruins, menos atenção a gente dá às coisas boas e a vida vai ficando ruim, ruim, ruim.

    É ilusão achar que a mudança vem de fora para dentro. Que a felicidade e a saúde cabem em embalagens plásticas com códigos de barra. Produtos podem ser ótimos coadjuvantes nessa busca, mas a verdadeira mudança é só o protagonista quem faz.

    E eu quero um ano detox.

    Detox de dias iguais.

    Detox de gente ruim.

    Detox de maus hábitos.

    Detox de inveja.

    Detox de relações doentes.

    Detox de obsessões.

    Detox de pessimistas.

    Detox de medo de mudar.

    Detox de dias desperdiçados.

    Detox de sentimentos pobres.

    Detox de superficialidade.

    Detox de vícios.

    Detox de viver por viver.

    E pra fazer detox na vida é preciso coragem. Coragem para mudar, para arriscar, para romper, para fechar ciclos que há muito tempo deveriam ter terminado.

    A pergunta que não quer calar é: vai ter só suco verde ou vai ter detox na vida?”

    (Autor desconhecido)

    Para refletirmos…

    Beijos e bom domingo!

  • Minha cabeleireira querida Patricia Menezes deu dicas de como tratar os cabelos durante o treino, tive que dividir com vocês!

    hair

    LAVAR OU NÃO LAVAR OS CABELOS APÓS O TREINO ???

    A mulherada sempre me pergunta o que fazer, por isso criei esse post para tirar algumas dúvidas…E a resposta é SIM! Quem treina (ou faz qualquer atividade física) deve lavar os cabelos todos os dias ou sempre que treinar.

    Primeiramente é preciso remover com uma boa lavagem todo acúmulo de sujeiras e suor que ficou no couro cabeludo.É importante lavar sempre após o treino, principalmente quem transpira em excesso. A lavagem retirará a oleosidade e o sal produzido pelo suor!

    Quando o couro do cabelo está limpo ele respira livremente, ajudando os fios a receber os nutrientes essenciais. E nunca esquecer de hidratar as madeixas também!

    Uma Dica: antes de malhar, é importante usar um óleo para cabelos para proteger do suor! Pode ser o óleo de argan
    mas não precisa passar no couro cabeludo, só nas pontas. E sempre tentar fazer um coque leve, sem apertar muito.
    Isso evita que o cabelo entre em contato com as costas que suam, evitando o ressecamento do fio.